Pular para o conteúdo principal

Destaques

Em desenvolvimento - aceitação

Essa sou eu, recentemente. Só Deus sabe quantas vezes tentei tirar uma foto que ficasse bem boa pra mostrar meu trabalhinho de 3 meses e pouco. Sim, eu fiz essa beldade de vestido e depois que coloquei, tirei horas depois porque tinha mesmo. Não ia dormir com ele... Enfim. Vamos falar sobre o meu período de aceitação. Aceitar que sou mignon e que tem poucas roupas que vão caber em mim sem precisar fazer um ajuste aqui e ali. E você, lendo isso, pode achar que é besteira, mas não é não. Esse período começou há um tempo e tem seus momentos de altos e baixos. Por muito tempo não me importei com isso, pra falar a verdade. Foi mesmo após meus 16 anos que comecei a prestar mais atenção e ver que sou magrela mesmo. Por anos, com meus 1,62 m de altura, sempre pesei 47 kg, com suas idas e vindas. Já cheguei nos 39 kg, numa época ruim da minha vida e cá estou eu esbelta com uns 45 kg. Meu sonho é chegar nos 50 kg e manter, hahaha. Mas como com um metabolismo doido que eu tenho? Minha mãe sempre

Vamos falar sobre o racismo?

Essa postagem remete ao dia 11/07/2020, no meio da pandemia no Brasil e literalmente nos picos aqui no país. Essa primeira linha só foi pra contextualizar historicamente o que estamos vivendo.

Então, dia 11/07/2020 a Federação de Jovens do Sul de Minas Gerais me convidou pra participar de uma live para a discussão do racismo. E foi uma live cheia de repercussão, pelo menos aqui na região, da qual fazemos parte. Pude ver frutos hoje pela manhã, inclusive.



O vídeo acima é toda a nossa conversa. Foram 2 horas debatendo, mas pra nós pareceu ser muito menos.

Bisous!

Comentários

Postagens mais visitadas