Pular para o conteúdo principal

Destaques

Mulheres em apuros - soluções bíblicas para os problemas que as mulheres enfrentam. Martha Peace

Yey! Mais um post sobre livros aqui! E como a repercussão do primeiro livro colocado no blog, Chamados para Criar , foi um sucesso <3, bora continuar com o mesmo tipo de construção. É um formato novo, muitas pessoas chegam aqui e veem o que tem do lado de dentro, e isso impulsiona a vontade de ler um fisicamente. E estou amando acompanhar isso. Esse livro foi indicado pelo pastor da minha igreja, junto com vários outros. Aproveitei a promoção da editora Fiel e comprei com 50% de desconto. Ah, e esse livro também está disponível na Amazon no formato físico e e-book . Eu prefiro muitas vezes o físico justamente pela possibilidade de marcar o texto e folhear com mais rapidez. Mas não descarto livros gigantes no Kindle por causa da praticidade. O livro Mulheres em apuros da Martha (íntima) me surpreendeu. Não esperava ser um livro tão rico e tão simples ao mesmo tempo. E quando digo simples, digo que ela escreve de uma maneira primorosa. Mas o simples falar e difícil fazer é bem real aq

O blog do George RR Martin

Imagem de Danielle MacInnes em Unsplash

Se tem um blog que inspira e que trás assuntos bem pessoais, principalmente para a mente de um escritor, é o blog Not a blog, do George RR Martin. Vou dizer também que é por causa desse blog que estou escrevendo esse texto aqui, como uma forma de "deixe as palavras fluir, com um assunto, mas deixa fluir". Digo ainda que é bem importante isso acontecer, deixar as coisas fluírem. No caso dele, mais importante ainda.

O que me trouxe aqui hoje, sem dúvida nenhuma, foi o último texto que li dele sobre o debate entre o Trump e o Biden. Eu não sou americana e nem estou por dentro do que está acontecendo nos EUA, mas imagino o perrengue que foi, ainda mais por tudo o que leio e o que falam do temperamento do Trump. Do Biden, não sei muito. Se você sabe, deixa aqui.

Enfim. O texto dele foi uma forma de desabafo do que estava passando na mente dele depois de assistir a um debate na TV entre os dois. E sim, fiquei inspirada pela forma que ele deixou as coisas, que escreveu, a forma que entendeu tudo e como aquilo e o passado dele se conectaram. E foi inspirador tudo isso. Ele aprendeu muito com algo bem positivo que aconteceu quando era jovem. E hoje, num debate importante desses, o completo oposto acontece e ele ficou como? Bravo, extremamente bravo. E desabafou lá, de forma respeitosa.

E lendo, o admirei mais.

E o texto de hoje é sobre isso. 

Dear diary...

Bisous!

Comentários

Postagens mais visitadas